American Journal of Educational Research
ISSN (Print): 2327-6126 ISSN (Online): 2327-6150 Website: http://www.sciepub.com/journal/education Editor-in-chief: Ratko Pavlović
Open Access
Journal Browser
Go
American Journal of Educational Research. 2017, 5(1), 56-62
DOI: 10.12691/education-5-1-9
Open AccessArticle

The Performance of Tutors from a Public Institution and the Encouragement for the Use of Learning Strategies by Students

Paula Mariza Zedu Alliprandini1, , Gisele Fermino Demarque Jeronymo2, Natália Moraes Góes3, Ludimila Alves Silva4 and Camila Adriana de Oliveira4

1Departamento de Educação, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Brasil

2Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Brasil

3Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade de Campinas, Campinas, Brasil

4Graduação em Pedagogia, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Brasil

Pub. Date: January 11, 2017

Cite this paper:
Paula Mariza Zedu Alliprandini, Gisele Fermino Demarque Jeronymo, Natália Moraes Góes, Ludimila Alves Silva and Camila Adriana de Oliveira. The Performance of Tutors from a Public Institution and the Encouragement for the Use of Learning Strategies by Students. American Journal of Educational Research. 2017; 5(1):56-62. doi: 10.12691/education-5-1-9

Abstract

This paper is based on the theoretical referential of the Cognitive Psychology/ Information Processing Theory, aiming to investigate how people learn, structure and use the acquired knowledge. This study aimed to analyze reports about pedagogical practices executed by tutors on Distance Learning, regarding the encouragement to use cognitive, behavioral and self-regulatory learning strategies by the students. Fifty-six tutors from a Public Institution from the Center-West region of the country took place on it. Data collection was made by means of a questionnaire, using the tools of Google Drive made available to the tutors in the platform of the course. Answers were analyzed by means of the theoretical contribution of the Content Analysis. Generally, it was observed that the pedagogic practices of the participants were focused in promoting the use of learning strategies, being the cognitive ones the more encouraged ones with regards to the behavioral and self-regulatory ones. Behavioral and self-regulatory strategies of emotion control were the less incentivized ones. Thus, it is suggested that the training of tutors should be directed towards studies about learning strategies and that new studies are performed, especially regarding affective and emotional strategies regarding the emotion control of the student. Also, considering the lack of intervention studies, the execution of intervention proposals focused on using learning strategies, especially in Distance Learning, is suggested.

Keywords:
cognitive psychology information processing theory learning strategies distance education tutor

Creative CommonsThis work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License. To view a copy of this license, visit http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

References:

[1]  Abbad, G.S; Corrêa, V. P; Meneses, P. P. M. Avaliação de treinamentos a distância: relações entre estratégias de aprendizagem e satisfação com o treinamento. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v.11, n.2, p.43-67, mar/abr. 2010.
 
[2]  ABED. Censo Ead.2013. Available in: http://www.abed.org.br/censoead2013/censo_ead_2013_portugues.pdf. Access in: December 12th,. 2014.
 
[3]  Bardin, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.
 
[4]  Belloni, M. L. Educação a Distância e Inovações Tecnológicas. Trabalho, Educação e Saúde. Rio de Janeiro, v. 3, n.1, p. 187-198, 2005.
 
[5]  Belloni, M. L. Educação A Distância. 5. Ed. São Paulo: Autores Associados, 2009. 115 p.
 
[6]  Bortoletto, D; Boruchovitch, E. Learning Strategies And Emotional Regulation Of Pedagogy Students. Paideia, São Paulo, V.23, N.55, P.235-242.
 
[7]  Boruchovitch, E. Estratégias De Aprendizagem E Desempenho Escolar: Considerações Para A Prática Educacional. Psicologia Reflexão e Critica. Porto Alegre, v. 12, n. 2, p. 361-376, 1999.
 
[8]  Boruchovitch, E. Algumas estratégias de compreensão em leitura de alunos do ensino fundamental. Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 5, n.1, p. 19-25, jun. 2001.
 
[9]  Boruchovitch, E. Dificuldades De Aprendizagem, Problemas Motivacionais E Estratégias De Aprendizagem. In: Sisto, F.F; Boruchovitch, E; Fini, L.D.T; Brenelli, R.P; Martinelli, S.C. Dificuldades de aprendizagem no contexto pedagógico. 8.ed. Petrópolis: Vozes, 2012, p. 40-59.
 
[10]  Bzuneck, J. A. et al; Motivação Acadêmica Dos Alunos. In: Almeida, A. S.; Araujo, A. M. Aprendizagem e sucesso escolar: variáveis pessoais dos alunos. Braga - Portugal: Minhografe, Adipsieduc, p. 173-213, 2014.
 
[11]  Góes, N. M. Análise das estratégias de aprendizagem de alunos de um curso de pedagogia ofertado a distância e a atuação do tutor. 2015. 185 p. Dissertação (Mestrado Em Educação). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015.
 
[12]  INEP. Matrículas No Ensino Superior Crescem 3,8%. 2014. Available in: http://portal.inep.gov.br/visualizar/-/asset_publisher/6ahj/content/matriculas-no-ensino-superior-crescem-3-8. Access in: May 06th, 2015.
 
[13]  Kirby, J. (1984). Cognitive strategies and educational performance. New York: Academic Press.
 
[14]  Kopp, C. B. (1989). Regulation of distress and negative emotions: A developmental view. Developmental Psychology, 25(3), 343-354.
 
[15]  Kurtz, B.E. (1990). Cultural influence in children’s cognitive and metacognitive development. En W. Schneider y F. E. Weinert (Eds.), Interactions among aptitudes, strategies and knowledge in cognitive performance.New York: Springer-Verlag.
 
[16]  Leal, R. B. A Importância Do Tutor No Processo De Aprendizagem A Distância. Revista Iberoamericana de Educación (Online), México, V.35, P.1-6, 2005.
 
[17]  Monereo, C. y Clariana, M. (1993). Profesores y alumnos estratégicos: Cuando aprender es consecuencia de pensar. Madrid: Pascal.
 
[18]  Moran, J. M. A Educação A Distância No Brasil: Cenário Atual e Caminhos Viáveis De Mudanças.2014. Available in: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/cenario.pdf. Access in: June 28th, 2014.
 
[19]  Nogueira, J.S; Rinaldi, C; Ferreira, J.M; Paulo, S.M. Utilização Do Computador Como Instrumento De Ensino: Uma Perspectiva De Aprendizagem Significativa. Revista Brasileira de Ensino de Física, v.22, n.4, p.517-522, Dez.2000.
 
[20]  Oliveira, D. E. M. B. Educação A Distância: A reconfiguração dos elementos didáticos. 2010. 282 Fls. Tese (Doutorado Em Educação) – Universidade Estadual De Maringá, Maringá, 2010.
 
[21]  Oliveira, K. L; Boruchovitch, E; Santos, A. A. A. Estratégias de aprendizagem e desempenho acadêmico: Evidências De Validade. Psicologia Teoria E Pesquisa, Brasília, V. 25, N.4, P.531-536, Out/Dez. 2009.
 
[22]  Paixão, M. S.S. L; Ferro, M. G. D. A Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel. In: Carvalho, M. V.C.; Matos, K. S. A. L. Psicologia De Educação: teorias do desenvolvimento e da aprendizagem em discussão. 1.ed. Fortaleza: UFC, 2009. p. 81-113.
 
[23]  Peters, O. Didática do ensino à distância: Experiências e estágio da discussão numa visão internacional. São Leopoldo: UNISINOS, 2006. p.11-104.
 
[24]  Portilho, E. M. L; Dreher, S. A. S. Categorias Metacognitivas como Subsídio À Prática Educativa. Educação E Pesquisa, São Paulo, v.38, n. 1, p. 181-196, 2012.
 
[25]  Pozo, J. I. Estratégias De Aprendizagem. In: Coll, C; Palacios, J; Marchesi, A. Desenvolvimento Psicológico e Educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996. p. 176-197.
 
[26]  Pozo, J. I. Aprendizes e Mestres: A Nova Cultura Da Aprendizagem. Porto Alegre: Atmed, 2002.
 
[27]  Santos, M. P. Tutoria Em Educação A Distância: um elo de interação entre ensinantes e aprendentes virtuais. Paidéi@ Revista Científica de Educação a Distância, São Paulo, v.4, n.7, p.1-14, Jan. 2013.
 
[28]  Santos, G. L. Educação A Distância Na Formação Profissional Continuada De Professores Da Educação Básica: Analisando Contratos e Destratos Didáticos, A Partir de um Estudo De Caso. Educar em Revista, Curitiba, v.1, n.52, p.275-290.
 
[29]  Sternberg, Robert J. Psicologia Cognitiva. 4ª Ed. Porto Alegre: Artmed, 2008. 584p.
 
[30]  Turner, J. E; Husman, J. Emotional And Cognitive Self-Regulation Following Academic Shame. Journal Of Advanced Academics, v.20, n.1, p. 138-173, 2008.
 
[31]  Valle, A. González Cabanach, R. Cuevas Gonzáles, L.M. Fernández Suárez, A.N. Las Estrategias De Aprendizaje: Características Básicas Y Su Relevância em el Contexto Escolar. Revista de Psicodidáctica, Espanha, N. 6, P. 53-68. 1998.
 
[32]  Warr, P.; Allan, C. Learning strategies and occupational training. Internacional Review of Industrial and Organizational Psychology, v. 13, p.83-121, 1998.
 
[33]  Zerbini, T; Abbad, G. S. Impacto de Treinamento no Trabalho Via Internet. Rae- Eletrônica, Brasília, v. 4, n.2, Jul/Dez. 2005.